Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Titi - Parte II: a coisa mais cómica do mundo

por titi, em 30.11.12

No primeiro de ano de vida dele, a minha disponibilidade era total. Ainda não tinha filhos meus e, mesmo não vivendo na mesma cidade, conseguia estar com eles montões de vezes. O enrodilhado cresceu e ficou uma coisinha linda (agora, quando vejo as fotos de há 5 anos e tal, confirmo que não era o embevecimento a cegar-nos, era mesmo lindo, lindo), sempre de sorriso afivelado, um gorducho de olhões azuis. Com uma peculiaridade: cada vez ficava mais parecido ... comigo! Muito mais do que com os pais, muito mais do que qualquer dos meus filhos. De tal maneira que, em algumas fotografias, é só mesmo o desgaste das mais antigas que permite distinguir um do outro. O meu sobrinho é i-gu-al a mim.

O momento desta fase que escolho para contar vai soar um bocado disparatado, aviso, mas, enfim, na memória não mandamos nós, nem no que nos fica como mais importante depois da poeira assentar. Houve um dia em que ele estava com falta de ar (nisso saiu à mãe e o meu filho mais velho à tia, rica herança) e os pais o levaram ao Hospital da Luz. Na altura aquilo era uma seca, esperava-se, esperava-se - acho que já não é assim - e, como ainda por cima, as cenas da falta de ar se tratam fazendo vapores e esperando para ver se se melhorou, nunca mais aquela família aparecia em casa ou dava notícias. Às tantas, eu e a nossa mãe resolvemos ir até lá, quanto mais não fosse para ficar um bocado na converseta e ajudar o tempo a passar. Fomos. Não sei se conhecem a urgência de pediatria do Hospital da Luz. Quando se abre a porta, tem-se à frente um corredor para o comprido que desemboca nas enfermarias onde as crianças ficam em pré-internamento (também já frequentei essa ala com um filho). Devem ser para aí uns 25 metros. E, quando entrámos vimos lá ao fundo, o sobrinho. Despido da cintura para baixo, só com fralda para ver se a febre baixava. Perninhas muito branquinhas, ao léu. Corrente com chucha pendurada na lapela. Quando nos viu disparou a correr da ponta do corredor, com as peninhas gordas a raspar uma na outra, ainda meio bambinho a correr - tinha pouco mais de 1 ano - e a gritar ''tiiiitiiiiiiiiiiiiiii''.

 

Foi mais ou menos por essa altura que, além de muitas outras coisas que já me chamaram, ser ''titi'' passou a ser uma componente importante da minha identidade. Num próximo post, vou contar da 1ª (e, felizmente, última) vez em que ele me chamou ''tia'' em vez de ''titi''.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Checa a 01.12.2012 às 19:41

Lembro-me tão bem. A correr de perna gorda e arqueada em delírio.

Comentar post



calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D