Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Observador, outra vez

por titi, em 01.09.14

Quantas vezes já disse aqui que fiquei fã do jornal online Observador ao fim do primeiro dia, para aí 20 vezes? Então é melhor dizer mais uma.

Nunca me imaginei a dar preferência a um jornal que não é em papel e que não é o Público para me manter a par do que por aí vai mas a verdade é que é ao site do Observador que vou mais e mais. Então agora que subscrevi a newsletter deles e mal me ligo, de manhã, tenho uma mensagem destas à minha espera, fogo, é muito bom!

360º

Por David Dinis, Diretor

Bom dia!

Enquanto dormia

 

Sportinguistas e benfiquistas digeriram o empate no primeiro derby do ano, um jogo marcado por um erro do guarda-redes benfiquista. O jogo foi mote para o Observador regressar aos liveblogs, replicando a intensidade do jogo. E deu-nos nova oportunidade para uma análise diferente ao que marcou a jornada futebolística.

Na Suécia, há um caso suspeito de Ébola em Estocolmo, neste momento em isolamento. A confirmar-se será o primeiro a ser identificado originalmente na Europa - mas é ainda preciso confirmar.

Na luta contra os jihadistas do Estado Islâmico, o New York Times confirma que a aliança improvável dos EUA com o Irão já está em marcha numa batalha em território iraquiano. Em Inglaterra, David Cameron prepara-se para introduzir medidas de emergência, destinadas a impedir os que se converteram à luta islâmica de voltar a território britânico. De Obama e Cameron virá um pedido explícito aos outros líderes da NATO: aumentem os gastos militares.

Da Rússia também não vêm boas notícias, com Vladimir Putin a exigir à Ucrânia um cessar-fogo "imediato e sem condições". A reunião de hoje em Minsk, para tentar um acordo, começa assim com o pé esquerdo.

De volta às presidenciais brasileiras, Dilma Rousseff está a dizer de Marina Silva, a sua principal adversária, o que muitos disseram de Lula da Silva nas presidênciais que o elegeram: que as suas propostas são uma ameaça para a economia.

Informação a reter

Regressando à atualidade nacional, a KPMG confirmou logo cedo à CMVM que não assinou as últimas contas do BES, referentes ao primeiro semestre, dizendo-se incapaz de determinar o impacto, por exemplo, dos problemas decorrentes do BES Angola, mas também por a administração do banco não se ter responsabilizado pelas mesmas contas. Uma entrevista de um dos representantes dos pequenos acionistas do banco, esta manhã ao i, mostra que os problemas com a resolução só agora vão começar.

Hoje os jornais dedicam-se a algumas das principais políticas públicas.
O principal mote é a reforma do mapa judiciário, que hoje arranca, afetando 4% da população portuguesa (e que o Observador aqui sintetizou). A esta hora o sistema informático ainda não estava ativo, uma das principais preocupações do sindicato dos magistrados. O Económico lembra que um dos pontos centrais, as novas metas de produtividade, ficou marcado para 2015.

No que respeita à Saúde, destaca-se uma entrevista interessante - e contracorrente - da presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares ao Público. Contracorrente porque a sua principal crítica ao ministro da Saúde é a de não ter tido "ainda" a coragem de desafiar as corporações do setor, avançando nomeadamente com a reforma hospitalar. No DN assinalam-se algumas dificuldades na gestão de pessoal dos hospitais, com os internos a assegurar vários horários das urgências (link não disponível a esta hora).

Passagem, agora, pela Educação: o Ministério divulgou no fim de semana as rescisões amigáveis de professores que aceitou, apenas metade da lista de proponentes. Com as escolas a abrirem portas hoje, ainda para preparar o ano letivo que começa em breve, o DN e JN antecipam alguma confusão quer nas escolas, quer nos centros de emprego.

Há ainda Orçamento Retificativo - e contas do Estado - em alguns dos jornais do dia. Depois da UTAO ter avisado, olhando para os primeiros sete meses do ano, que a redução do défice estrutural pode estar em risco, o Económico fez contas e anota que a consolidação orçamental virou do avesso: as receitas representam, afinal, 80% da correção do défice. Nas contas do DN, há um ministério a encaixar mais do que os outros com a redistribuição do OR: é Pires de Lima, ministro da Economia, que ganhará 15% face ao primeiro Retificativo do ano.

Interessantes e surpreendentesUm alerta para os muitos fãs do IKEA: três em cada quatro imagens do catálogo que nos chega a casa não são reais: têm efeitos especiais, tratamento em Photoshop, tudo o que um computador permite ao homem fazer.

Falando em perigos informáticos: centenas de celebridades norte-americanas acordaram em choque no fim de semana com a revelação de que fotos suas, nuas, foram roubadas no iCloud e estão a espalhar-se pela internet. Talvez não seja má ideia pensar duas vezes antes de tirar uma foto ligada à rede, certo?

Para quem agora regressa de férias, com um sorriso enorme e cheio de histórias para contar, uma outra, contada na primeira pessoa, mostra-nos como é possível ser feliz em férias numa viagem solitária de quase 800 quilómetros. Esta, garante o autor, o ajudou a 'curar' uma solidão. Via Quartz.

Seja ou não o seu caso, despeço-me com desejos de um belo dia e um até já.
Sabe que por aqui estaremos, a acompanhar a atualidade a par e passo - também com um sorriso na cara.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ah ah ah

por titi, em 01.09.14

Samsung Galaxy S5 ALS Ice Bucket Challenge Nominates iPhone 5

Autoria e outros dados (tags, etc)

Férias de verão 2014 - best of #2

por titi, em 01.09.14

ir ''ao outro lado'' de cacilheiro e apanhar lá o pôr do sol - a estreia a andar de canoa - a excitação com a descoberta do geocatching - vida de hotel - os sobrinhos - a tarde/jantar com os amigos do infantário e tê-los todos lá em casa a jantar debaixo da mesa - praia de matosinhos às oito da noite - o passeio de mini-comboio com as gémeas, seguido de almoço no Piolho

 

(falta muito e faltam fotos que ainda jazem no cartão da máquina)

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D