Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Viver no campo

por samicas, em 26.09.13

Embora eu seja uma adepta da cidade, confesso que viver no campo me trouxe muitas coisas boas. Tenho aprendido muito...

Ontem, primeiro dia de chuva, quando logo pela manhã abri a janela, o quarto encheu-se de um aroma maravilhoso a terra molhada (o jardim não via água pelo menos há um mês!). Como já referi muitas vezes neste blog, odeio o Inverno (e também o Outono, nem que seja porque nos prepara para o Inverno) mas este cheiro é mesmo maravilhoso... Até me fez esquecer a neura de vestir meias, sapatos e casaco!

Hoje, no final do dia, quando já estava quase a chegar a casa, tive de parar o carro pois iam a atravessar a rua, uma galinha e três pintos!!! Lindo... Lá seguiram o seu caminho, sem mazelas... Um outro condutor que vinha em sentido contrário e que também estava a observar a cena, parou ao meu lado, abriu a janela e comentou comigo o bom que era viver no campo... Só nas "aldeias" é que dois condutores desconhecidos param os seus carros para conversar! O tempo corre de outra maneira...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma editora exemplar

por titi, em 26.09.13

Não sei se a senhora em causa é editora ou exerce outro tipo de funções na Leya, só sei que quem trata os ''utentes'' com tanta disponibilidade e simpatia deve ser reconhecido e valorizado por isso. A história é esta:

Quando descobri que uma das minhas escritoras preferidas, oradora em apresentações maravilhosas, vinha a Portugal apresentar o seu último livro, toca de escrever para a editora portuguesa a perguntar se ia haver alguma sessão de apresentação para o público. Resposta negativa, eram só dois dias de estadia por cá, completamente preenchidos com entrevistas aos media. Escrevi de volta a perguntar se me poderiam dizer em que jornais, rádios e televisões iam sair as entrevistas e logo a seguir tive esta resposta:

Muito obrigada pelo seu email, que me deixa, por um lado, triste; por outro, feliz. Acredite que tive muita pena de não conseguir que ela ficasse mais tempo. A verdade é que, neste tipo de viagens, o tempo é contado ao minuto. E ela foi incansável. Mas fica a nota de esperança para o futuro. É muito encorajador saber que a literatura ainda move leitores. Espero que goste do "Americanah". Quanto às entrevistas. Sei que os semanários (Expresso e Sol), vão publicar no primeiro fim de semana de Outubro. O Público, no dia 4. Infelizmente, ainda não posso confirmar a data do jornal i (ela gostou particularmente desta entrevista), das revistas Time Out e Máxima nem das diversas rádios. Chamo a sua atenção para a longa entrevista que a autora deu ao programa Bairro Alto, pois ela considerou-a uma das melhores da sua carreira. Irá para o ar no dia 12 de Outubro. Todas estas datas são, claro, as que me foram transmitidas pelos diversos órgãos de comunicação social, pelo que podem sofrer alterações.

Com os melhores cumprimentos,

E graças à simpatia da senhora (fiquei mesmo, mesmo impressionada com a gentileza dela) vou poder ler e ouvir as entrevistas, sem perder nenhuma. E caso a alguma de vocês isso pareça excessivo, sugiro que procurem no Youtube as conferências da Chimamanda Ngozie Adichie, não há duas iguais e são todas belíssimas. Isto para não mencionar os livros, claro. Sabem aquela coisa de descobrirmos que as pessoas são todas iguais nos anseios, nas necessidades, nos medos, no que desejam para si e para os filhos independentemente do continente em que vivem, da condição social, da raça ou da religião? É mais ou menos disso que os livros dela falam (todos os livros, na verdade).

Autoria e outros dados (tags, etc)

O vídeo que me mandaram trezentas mil vezes

por titi, em 26.09.13

Irritam-me tanto estes fenómenos '''''''''virais''''''''' e imagino que toda a gente tenha recebido por email ou visto no facebook o vídeo mas pronto, rendo-me, é mesmo bonita esta história:

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D