Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Doces de Páscoa

por samicas, em 01.04.13

Adoro os doces da Páscoa. Muito mais que os doces do Natal.

Adoro todo o tipo de folares, mais secos, mais finos, com ovos, sem ovos. Sem nada ou com manteiga. Adoro o folar que a minha sogra faz (ontem ainda estava morno!).

Adoro todo o tipo de amêndoas (excepção às que têm licor!), com açúcar, torradas, com recheio, com canela, de chocolate (todas as cores). As melhores do Mundo são as que a minha mãe faz (uma iguaria!!!). Faço-as render durante semanas...

Ponho sempre uma taça com amêndoas de vários tipos, em cima da mesa e só a tiro, vários dias depois, quando fica vazia. Uma tentação!

E os ovos de chocolate? Adoro e nunca mais recebi nenhum... Consolo-me a comer com os meus filhos aqueles que eles recebem. Não sei se é da crise mas este ano nem um existe nesta casa!!!! As melhores recordações que tenho de ovos da Páscoa, eram os dados pela minha avó A., do melhor chocolate, grandes e com uma nota dentro. Que saudades!!!

Por falar em ofertas, há anos que tenho prazer em fazer embrulhos de Páscoa para dar às mães, irmãs e sobrinhos. Este ano só fiz para as mães e irmãs e eram assim:

 

 

(os ovos maiores fui eu que fiz!!!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quantos programas cabem numas férias da Páscoa?

por samicas, em 01.04.13

MUITOS!!!!!

Senão vejamos:

  • 5 dias a andar a cavalo (aulas prácticas, teóricas e muita brincadeira, com lama dos pés à cabeça!!!);
  • 4 dias a jogar futebol no estádio da Luz, com direito a visitar o estádio, a visitar o centro de estágios no Seixal (e hipótese de contacto com os jogadores), a cinema, a piscina e a bilhetes para o jogo de Sábado (com muita chuva durante os treinos!!!);
  • 7 festas (duas do G., duas de amigos, uma do primo, uma da amiga que fez 40 anos e uma da Páscoa);
  • actividade de escuteiros de 3 dias (a mais velha), ou seja, acampamento debaixo de alguma chuva!
  • uma noite com uma amiga a dormir cá em casa;
  • ver o Benfica no estádio da Luz a ganhar 6-1!!!
  • 2 "dias do pijama", com direito a jogos, filmes, descanso, estudo e muito sofá!!!!

Conclusões:

1. o tempo bem orientado dá para muito!

2. as férias cá em casa não são, definitivamente, para descansar...

3. se os meus filhos não ficaram doentes estas férias é sinal que devem ter uma saúde de ferro!!!!

 

Que bom é ver a felicidade estampada nas suas caras!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já lá vão 8 anos - Parte III

por samicas, em 01.04.13

Bem, ficou em falta a parte 3 dos 8 anos do meu filho...

Depois de 3ª feira, dia 19 de Março, ele ter apagado as velas na "colónia" e em casa com a família dei-me a 4ª feira de descanso.

Na 5ª feira voltei ao trabalho e aos preparativos da festa de Domingo.

Sendo que só tenho disponível horas de almoço e serões, dediquei as horas de almoço a compras e impressões e os serões aos trabalhos manuais (rótulos para garrafas, bandeirinhas, enfeitar frascos para doces, base para cakepops).

No Sábado, cozinha e casa, sendo que o serão foi dedicado ao terceiro bolo de anos dos Angry Birds!!!

No Domingo, últimos preparativos, o almoço e ainda me cheguei a sentar no sofá antes dos convidados chegarem...

As festas são sempre uma animação. Os amigos a chegar, receber os pais e os recados, os nossos amigos a chegar (o N. acabado de chegar do Brasil, apenas por uns dias), abrir presentes, pôr em prática os jogos preparados, gerir conflitos, lanchar, apagar as velas, jantar...

As festas dão muito trabalho mas eu continuo a gostar muito de as fazer. São sempre horas animadas e momentos felizes. Era (e é!) assim comigo, é agora com os meus filhos.

Quando eram mais pequenos bastava estarem com os amigos e chegava. Agora, mais crescidos, tentamos que as festas tenham mais qualquer coisa que os mantenha "interessados" e que lhes continue a manter o gosto por fazerem as festas em casa (há-de chegar o tempo de quererem ir sair com os amigos!!!!). Assim sendo, e tendo um marido escuteiro em casa, há que aproveitar... Prepara sempre uns jogos divertidíssimos para eles se entreterem (e assim não fazem disparates, o que aumenta com a idade!). Os jogos têm sempre o mesmo tema da festa, são muito engraçados e têm sempre uma dose de surpresa. Este ano, ele construiu uma fisga gigante (da altura deles) para atirarem bolas a alvos!!!! Quando eles viram a fisga... delírio!!!!

Este ano, sendo Domingo, os últimos sairam ainda eram 22h. Às 23:30 já estávamos sentados no sofá com tudo no sítio... Equipa maravilhosa!!!

Em Maio, há mais!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Resolução de conflitos

por Checa, em 01.04.13

Como já contei, a escola do meu filho mais velho (daqui a um mês, do mais novo também chiuf chiuf), segue uma pedagogia diferente, baseada num modelo americano. A aprendizagem é activa (tell me and i forget, teach me and i remember, involve me and i learn), estimula imenso a criatividade das crianças, trata-as com respeito (gritos são proibidos), tem vários psicólogos que vão acompanhando as rotinas diárias e uma vez por mês há formação para os pais.

Na última, o tema foi "resolução de conflitos". Foi apresentada uma estratégia baseada em seis passos, a qual partilho de seguida:

Passo 1: Aproxime-se calmamente

Respire fundo. Repare nos seus sentimentos. Utilize uma voz calma e uma linguagem corporal gentil. Oiça atentamente os sentimentos das crianças e os detalhes do problema.

Passo 2: Reconheça os sentimentos

"Parece que te sentes muito zangado". Afirmar, não perguntar.

Passo 3: Recolha informação

"Diz-me o que te preocupa"

Passo 4: Redefina o problema

"Então a tua preocupação é..."

Passo 5: Peça soluções e em conjunto escolham uma

"Que sugestão fazes para resolvermos este problema?"

Passo 6: Esteja preparado para continuar a apoiar

Faça o follow-up. Dê continuidade, com uma conversa individual num tempo mais tarde quando já tudo estiver calmo, verifique se há questões que tenham ficado por resolver.

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D