Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As famílias são todas iguais

por titi, em 02.01.13

Acordar às seis da manhã com choro. Reacordar às sete da manhã com gritos. Re-reacordar às oito da manhã com birras. Levantar-me às nove da manhã. Prometer pancada a toda a gente da casa com menos de um metro e meio às dez da manhã. Que bom, a família está de novo reunida. E 2013 está estranhamente parecido com 2012.

No Governo Sombra não o aprecio mas aqui tem um piadão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por chicafestarola, em 02.01.13

O homem
Um cientista vivia trancado em seu laboratório, procurando respostas para os problemas do mundo.
Certo dia, seu filho de sete anos invadiu sua sala, decidido a ajudá-lo. Impaciente, o cientista pediu que o filho fosse brincar em outro lugar, no entanto, sem sucesso.
Então procurou algum objeto que pudesse entreter a curiosidade do menino, logo encontrando o mapa-múndi impresso na página de uma revista.
Recortou o mapa em vários pedaços, pegou um rolo de fita adesiva e entregou tudo ao filho, dizendo:
- Você gosta de quebra-cabeças?
Então vou lhe dar o mundo, todo quebrado, para consertar. Veja se consegue fazer tudo direitinho.
Calculou que a criança levaria dias para recompor o mapa.
Porém, algumas horas depois, ouviu a voz do filho:
- Pai, pai, já fiz tudo. Consegui terminar tudinho!
Incrédulo, o cientista levantou os olhos de suas anotações, certo de que veria uma mapa sem sentido. Mas, para sua surpresa, o mapa estava completo, com tudo em seus devidos lugares.
- Você não sabia como era o mundo, meu filho. Como conseguiu?
- Pai , eu não sabia como era o mundo, tentei consertar, mas não consegui.
Mas quando você tirou o papel da revista para recortar, eu vi que, do outro lado, havia a figura de um homem. Então lembrei disso, virei os recortes e comecei a consertar o homem que eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei a folha e vi que havia consertado o mundo.


 


Com esta diria: para consertar o mundo precisamos consertar os Homens primeiro!!! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda vou a tempo?

por chicafestarola, em 02.01.13

De volta ao trabalho, lembrei-me que não tinha colocado uma foto da árvore de Natal (as coisas que eu me lembro quando venho trabalhar).

Ainda vou a tempo?

Ora então, aqui vai ela. bjns

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Angústias existênciais aos 5 anos

por titi, em 02.01.13
Há 3 ou 4 noites, o meu filho crescido que fala imenso enquanto dorme (o pequeno também mas os assuntos são mais elementares, com monólogos do tipo "mano, mano!" ou "um elefante! No tecto!"), largou esta a meio da noite: "a mãe do Caetano morreu, não morreu? Também, já era tão velhinha!".

Autoria e outros dados (tags, etc)

A incrível capacidade de regeneração das crianças

por titi, em 02.01.13
Como é possível que o meu filhote, depois de 2 dias tão mal disposto, com febre, vómitos e tanto abatimento, tenha passado ontem muito mais de uma hora a aprender danças tradicionais europeias radiante da vida e, depois de tanta amarelidão e olheiras, num dia em que não ingeriu senão fruta cozida, me tenha aparecido rosado como uma camponesa, cheio de energia e a dizer-me satisfeitíssimo: "dancei com todas"?
Já o pequenino, que parecia tonto de sono às nove da noitee e que decidimos adormecer por volta das dez, arrebitou e foi para a sala espolinhar-se no chão em pijama, parecia uma marionete contorcida na sua versão do corridinho e pôs toda a gente a rir com a figurinha.
Foi uma entrada muito auspiciosa em 2013, os dois filhos com o cabelo a pingar com a energia dispendida e a alegria sentida. Ah, o maior, sempre dado às preocupações, andou a perguntar a toda a gente se se pode desmaiar de felicidade, com medo que lhe acontecesse a ele. Um bom indicador do estado de espírito com que dobrou o ano.

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D