Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Snif, snif...

por titi, em 03.12.12

Mais uma coisa de bebé que se foi lá de casa...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O papagaio

por titi, em 02.12.12

O meu filho mais velho foi, em muitas coisas, diferente da média. Em tempos isso foi razão de grande preocupação - mais minha que do pai - mas, como uma vez uma entendida me disse, os miúdos são muito plásticos e, orientado da maneira certa, o A. foi-se aproximando daquilo que deve ser um menino de 3, 4, 5 anos para ser feliz. Uma das peculiaridades dele foi aprender a ler bastante antes de fazer 4 anos. Começou a perguntar e depois a ler os destinos dos autocarros com que se cruzava - o interesse por autocarros chegou a parecer patológico - e daí, sem que nunca o tivessemos para empurrado nessa direcção (pelo contrário) começou a ler tudo, completamente sozinho. Mas isto é só introdução para a história que venho contar. No verão, quando fomos ao Pavilhão do Conhecimento (que acho um espanto), ele entusiasmou-se imenso com um barco que há no andar inferior. É uma miniatura com janelinhas por onde dá para espreitar e ver o pedaço correspondente do interior do barco, tendo cada janela a legenda respectiva. Ele andava por lá com o pai e eu estava com o V. noutro lado. Mas achou aquilo tão empolgante que nos foi chamar para vermos. A atropelar as palavras de excitação, explicou-nos a ideia do barco, mostrou as janelas, as legendas e, para ilustrar melhor a coisa, sugeriu: ''escolhe aí uma janela para eu te explicar como se lê a legenda, se espreita e se vê o que se leu''. Eu e o pai lemos as legendas, olhámos manhosamente um para o outro e pedi-lhe que me mostrasse a janelita com a legenda mais esquisita. Ele, sempre ligado à corrente, leu sem nenhuma hesitação a frase abaixo:

Partimo-nos a rir!

 

Nota: Este post não é uma gabarolice de uma mãe babada (que sou) a mostrar como o filho é inteligente (que é). Comecei por explicar que, por cada coisa em que o A. foi anormalmente precoce, houve outras que aprendeu preocupantemente tarde. Só que acho este episódio muito cómico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já é Natal!

por Checa, em 01.12.12

Cá em casa já é Natal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Titi - Parte III: a actualidade

por titi, em 01.12.12

Uma das coisas de que mais me lembro quando recordo o dia do meu casamento é um dos padrinhos a dizer do meu sobrinho de 1 ano: ''Que cómico! Deve ser para aí o miúdo mais patusco que já vi''. Fiquei muito orgulhosa. Um mês depois do casamento, nasceu o meu filho e, claro, a minha disponibilidade deixou de ser total. Mas é interessante perceber que o facto de ter filhos meus não alterou em nada, a importância da minha qualidade de tia e a vaidade e alegria em estar com o(s) sobrinho(s). É mais ou menos como ter uma data de filhos (ou dois) e achar que cada um é o mais espectacular. Podes ter oito filhos e doze sobrinhos e achar cada um o melhor do mundo. Aquela treta sobre o amor e a sua matemática que diz que o amor não divide, multiplica é mesmo verdade.

Há coisa de um ano, fui buscar o F. à escola de surpresa, sem ele saber que eu estava em Lisboa, como já tinha feito muitas vezes. Mas, desta vez ... quando espreitei pelo vidro do refeitório onde ele e os coleguinhas esperavam que os fossem buscar e ele me viu, em vez de vir a correr ter comigo a gritar ''titi!'' e ignorar as ordens das auxiliares que o mandavam esperar sentado, olhou, viu-me, fingiu que não, passados uns segundos atirou-se da cadeira para o chão, espolinhou-se um bocado, sentou-se outra vez e disse com ar de indiferença para a amiga do lado: ''É a minha tia.''

Oh, pobreza da minha escrita que não me permite transmitir a comicidade do momento. E quanto ele corresponde ao cromo que o meu sobrinho é!

 

Para encerrar esta série de posts sobre a minha experiência com a titizez, vou contar da primeira vez que o F. veio dormir a minha casa. F. (5 anos) e A. (4 anos) muito excitados porque o F. ía acampar (eles diziam ''campar'') no quarto deles. V. (1 ano), também eléctrico. Ao fim de muitos saltos nas camas, no saco-cama, pela casa, na minha cama, histórias contadas, perguntas respondidas, xixis feitos, dentes lavados, xixis feitos outra vez, A. adormece no meio da confusão (como sempre). Com muito mais dificuldade, ao fim de um bocado, V. adormece. O tempo passa, F., o guest of honor, de olho arregalado, na cama improvisada no chão. ''Titi, tenho sede''. Está aqui água, toma. ''Titi, tenho calor''. Pronto, já tirei o edredon. 1h da manhã. 2h da manhã. Eu cheia de medo que ele começasse a chorar com saudades dos pais. ''F., queres vir dormir para a cama dos adultos?'' Pode ser. ''Titi!'' ''Diz''. ''A cama do V. foi muito cara?''. E adormeceu logo a seguir.

 

Agora só tenho pena de que, com as voltas da e a diminuição da disponibilidade para andar Portugal acima, Portugal abaixo, o sobrinho pequenino não faça a menor ideia de quem eu sou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 8/8



calendário

Dezembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D