Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


É isto

por Checa, em 20.06.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Escola

por Checa, em 06.06.14

Acho que já aqui tinha escrito sobre a maravilhosa escola que os meus filhos frequentam. Vasculhei a maior parte dos estabelecimentos de ensino das redondezas e quando descobri este fiquei apaixonada, fez-me lembrar a escola dos desenhos animados do Sid Ciência.

De vez em quando os psicólogos e professores organizam sessões de formação para os pais, às quais tento nunca faltar. Na última, o tema abordado foi "o hábito de ser positivo" onde se falou na importância de valorizar os aspectos positivos. O formador, um psicólogo novinho, muito boa onda que costuma jogar futebol com os miúdos, aconselhou a leitura de um livro, que eu fui a correr comprar e é absolutamente delicioso. Chama-se O Ponto.

 

Uma escola que tem como base estes 8 hábitos, não se limita a despejar o currículo escolar; preocupa-se em criar crianças felizes: 

Somos positivos, vemos o que já atingimos e congratulamo-nos com o lado bom da vida.

Procuramos soluções de forma criativa para os problemas que nos surgem.

Cuidamos de nós, dos outros e de tudo o que nos rodeia.

Entreajudamo-nos porque somos mais fortes.

Diferenciamos e aceitamos o que cada um é.

Lideramos as nossas vidas rumo às metas que estabelecemos.

Aprendemos a fazer, com as mãos na massa.

Planeamos o que e como fazer, fazemos e depois revemos num processo constante de intenção, acção, reflexão e aprendizagem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E se?

por Checa, em 21.05.14

Conversa de elevador com uma colega que conheço mal:

Eu: Então quantos filhos tem?

Ela: Tenho dois, um casalinho. E a Patrícia?

Eu: Eu tenho dois rapazolas.

Ela: Tem de tentar a menina, olhe que é diferente.

E eu, que já tinha arrumado o assunto da minha cabeça, comecei a pensar... e se?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O tempo, esse malvado que nunca estica

por Checa, em 16.05.14

Estou passada com as bloggers freelancers que vão postando fotografias suas de pés na areia demonstrando como são donas do seu tempo.

Eu sofro tanto TANTO com a gestão do meu tempo.

Passo o dia a fazer checked na minha lista mental de afazeres que nunca tem fim. É raro conseguir ir buscar os meus filhos à escola e não imaginam o quanto isso me deixa desgostosa. Acabo por saber o que se vai passando (o meu filho nunca me conta NADA) quando falo ao telefone com uma das mães com quem me dou relativamente bem "não sabes o que aconteceu esta semana?" e eu respondo, a medo, com aquele sentimento de culpa de mãe desnaturada "não, o que foi?".

Sou stressada com o cumprimento dos horários, pois sou (e acho que saio ao meu pai) e isso boicota-me qualquer tentativa de manter alguma tranquilidade em casa.

É por isto que pensei e pensei e pensei e tomei uma decisão: pedi aos recursos humanos do local onde trabalho para reduzir o horário em 2h/dia e claro que o ordenado será ajustado proporcionalmente. Estou em pulgas para saber o desfecho. Para já, sei que o meu chefe (porreiro!!) não se opôs (deve querer ver-me pelas costas).

Espero que, em breve, seja a minha vez de postar fotos de pezinhos na areia... e como são bonitos os meus pezinhos :-)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Doença

por Checa, em 10.04.14

No Sábado passado, na fila do café no Parque da Serafina:

Eu: Francisco, vai perguntar se há gelados.

Francisco afasta-se, dirige-se ao balcão e regressa sem abrir a boca.

Eu: Então? Não perguntaste se há gelados?

Francisco: Não, tenho uma doença que se chama vergonha.

 

(A doença deve ser hereditária. Soubesse ele o quanto esta doença me prejudica no trabalho)

Autoria e outros dados (tags, etc)

O cúmulo da falta de tempo para dedicar a mim própria é...

por Checa, em 10.04.14

... estar entusiasmada com a perspectiva de ir (SOZINHA) de comboio ao Porto e regressar no mesmo dia para trazer um dos meus filhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Então, na sequência do post anterior...

por Checa, em 02.04.14
Ia eu no carro, com o filho aniversariante e seu melhor amigo, dirigindo-me para casa dos avós onde se ia realizar o almoço de aniversário. Fui explicando ao convidado quem lá estaria: os avós, os primos, os tios... E eis que ouço o Francisco a dizer ao amigalhaço:
- "A minha tia é espetacular!"
Tia essa que serviu de molde à fronha do sobrinho. São iguais!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda bem que apareceste

por Checa, em 20.03.14

Acorda num som embalado de quem ainda está no limbo mmmmm. Chama mamã, outras vezes papá, a seguir vem logo o mã (mano). Põe-se em pé na cama de grades, vai abrindo os olhos, devagarinho para se habituar à luz e sorri. Um sorriso de rapazinho feliz, de quem antecipa um dia de grandes descobertas. Estica os bracinhos, pede có (colo) e ali fica, com a cabecita aninhada na covinha do meu pescoço, respiração quentinha, braços a envolve-lo como se o pudesse proteger de tudo para o resto da vida. Quando o pai se junta a nós o abraço alargado fica tão forte que não é sequer derrubável pelo escavão do Bob.

Cansado, não dispensa a chiiii (chuchinha) e a fá (fralda) que encosta à cara qual ansiolítico de efeito imediato.

A maneira como dança, de bracinhos no ar, um olhar de esguelha para confirmar que está a ser apreciado. Sempre a sorrir.

Come bem, ou melhor, come desalmadamente. Quando vê o prato inclina a cabeça para a frente na expectativa de meter a colher na boca mais rapidamente.

E sorri… já disse que está sempre a sorrir e bem disposto?

Os olhos brilham quando o irmão se aproxima. Os olhos do irmão derretem. Quando se reencontram ao final do dia, correm um para o outro e abraçam-se. Não vejo ali ponta de ciúme. “Ó mãe, olha para esta carinha de bebé, coisinha mais querida, até fico emocionado”, “mã, ana cá” (mano, anda cá).

A sorte de ter os avós sempre por perto. Avós babados que lhe dão todo o mimo que ele merece.

Um bebé que demorou a aparecer. Dois bebés ficaram pelo caminho. Lá no fundo sabíamos que a espera ia valer a pena. E como valeu.

Vinte e um meses de alegria.

Já disse que nos põe todos a sorrir?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ser mãe é...

por Checa, em 08.03.14

...telefonar à avó das crianças (e minha mãe) para saber como foi o cocó do pequeno e ficar feliz por saber que "era muito bom" (ainda lhe perguntei se o tinha provado).

Autoria e outros dados (tags, etc)

História deliciosa

por Checa, em 07.03.14

John Malkovich em Lisboa

Autoria e outros dados (tags, etc)


calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D