Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O que pode um livro

por titi, em 19.10.17

Ando a pensar escrever este post há muito tempo. Nunca o pus cá fora porque me fazia confusão partilhar uma história que de certo modo não é minha e que evoca um período muito doloroso das vidas de pessoas de quem gosto muito. Espero que agora não faça mal.

Nos meses finais de 2014, depois de vários anos de luta titânica contra um tumor do pâncreas, o estado de saúde de um amigo de quem gostava muito começou a degradar-se de uma maneira que se percebia não ter retorno. Em Novembro estava muito mal.

Numa das tardes em que o fui visitar ao hospital, perguntei se havia alguma coisa de que precisasse ou que lhe desse prazer e eu lhe pudesse levar. Conversa de circunstância, a tentar disfarçar a impressão que me fazia - a mim e a todos - encontrar naquele estado tão débil uma pessoa antes cheia de vida, semiparalisada e com um discurso quase inaudível.

Ele olhou para mim, demorou um bocado a responder e depois sussurrou:

- ''A Arte de Continuar Português''. Procurei esse livro por todo o lado durante anos e nunca o encontrei.

Fiquei siderada. Por em alguém cuja ligação à vida era um sopro tão ténue, a vida ''dentro'' persistir com tanta vivacidade, por dentro de uma cabeça que toda a gente sabia estar a muito curto prazo ainda haver tanta coisa, sei lá.

Saí do hospital a meio da tarde e não consegui pensar em mais nada no resto do dia.

Se consegui? Claro, no dia seguinte.

Liguei para livrarias, consultei sites, perguntei a alfarrabistas. Nada, zero, inexistente. Depois puxei pela imaginação. Fiz um telefonema, contei a história. Na manhã seguinte fiz uma viagem, conheci uma pessoa amorosa que ficou comovidíssima com o que lhe contei e teve a amabilidade gigante de, sem me conhecer de lado nenhum, me emprestar o seu próprio exemplar do livro, que o autor - o pai - lhe deu e autografou quando ela era miúda.

Mais ou menos 30 horas depois da conversa, entreguei o livro no quarto do hospital, radiante. O destinatário ficou tão espantado! Fartámo-nos de rir com a admiração dele, contei a história, conversámos, fui para casa.

Não houve tempo para terminar a leitura (em voz alta, pela dedicadíssima mulher do meu amigo) mas isso é só um pormenor sem importância. À conta do episódio do livro conversámos e rimos e momentos que as circunstâncias encaminhavam para um desfecho triste encheu-se, por momentos, de vida e de partilha (aconteceu muitas vezes nesse período). Para mim acendeu-se ali um clarão qualquer e penso neste episódio muitas vezes. Fiquei imensamente comovida por este amigo ter olhado para mim e reconhecido a pessoa que talvez conseguisse levar a cabo uma missão desta natureza.

É que realmente sou. Não muito mais que isso, mas isso sou. Não que valha muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

De Anónimo a 19.10.2017 às 19:39

Pois esse livro fez mesmo, mesmo a diferença!
Tenho essa história escrita há mais de um ano, um dia destes mostro-a. Até para te agradecer a ti e à dona do livro...

Comentar post



calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D