Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A propósito do abate do avião malaio, recordar

por titi, em 27.07.14

No mais grave ataque a um avião civil até então, no dia 3 de julho de 1988, um navio dos Estados Unidos derrubou um Airbus da Iran Air, matando todas as 290 pessoas a bordo, entre elas 57 crianças. À entrada do Golfo Pérsico, no Estreito de Ormuz, um míssel foi disparado do cruzador americano “Vincennes”, que confundiu a aeronave, no radar, com um caça F-14. No dia seguinte à derrubada do seu avião comercial, o Irã, em represália, ameaçou atacar os interesses dos EUA em todo o mundo. Já o presidente americano, Ronald Reagan, lamentou a “terrível tragédia”, ressalvando, contudo, que o Airbus voava em direção ao cruzador e não atendeu às repetidas advertências para se desviar, e as baterias do barco seguiram as normas de rotina, disparando para protegê-lo de um possível ataque.

Em comunicado urgente enviados a todas as embaixadas e consulados dos EUA, o Departamento de Estado alertou para possíveis retaliações dos iranianos. O líder religioso do Irã Aiatolá Khomeini declarou guerra total ao "Grande Satã". No Líbano, militantes do grupo xiita Hezbollah saíram às ruas gritando lemas antiamericanos.

O Airbus decolara de Bandar-Abbas, no Irã, com destino a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, do outro lado do Golfo. O avião cruzava o estreito no momento em que o Vincennes e outra fragata, a Montgomery, trocavam tiros com lanchas iranianas que pouco antes haviam metralhado um helicóptero dos Estados Unidos. Na época, a Casa Branca apoiava o Iraque, do ditador Saddam Hussein, que desde 1980 estava em guerra com o Irã, do aiatolá Khomeini, líder do regime islâmico que derrubou o governo de Teerã, aliado de Washington, em 1979.

Duas semanas após o ataque, investigação do Pentágono admitiu que o avião iraniano foi abatido por vários erros cometidos pela tripulação do cruzador americano. Segundo os investigadores, não foi constatado defeito na sofisticada tecnologia do radar a bordo do navio de guerra dos EUA. Teerã recebeu dos Estados Unidos uma indenização de 101 milhões de dólares.

Antes, o caso com maior número de vítimas havia ocorrido em setembro de 1983, quando aviões de combate soviéticos derrubaram um Boeing 747 da Korean Airlines, matando as 269 pessoas a bordo. A aeronave fazia o voo Nova York-Seul, e foi abatida depois de se desviar 160 quilômetros de sua rota e sobrevoar a Ilha Sakhalina, no Leste da União Soviêtica (hoje extinta) e ao Norte do Japão. Naquela ocasião, a tragédia provocou uma onda de protestos no mundo e abriu grave crise entre EUA e URSS no Conselho de Segurança da ONU. Na semana passada, o míssel disparado no Boeing 777 da Malaysia Airlines, na fronteira da Ucrânia com a Rússia, matou 298 pessoas. O voo ia de Amasterdã para Kuala Lumpur. Autoridades ucranianas e os EUA acusam os separatistas pró-Rússia de serem os responsáveis pelo ataque. Os separatistas negam.


Leia mais sobre esse assunto em http://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/estados-unidos-derrubaram-airbus-do-ira-mataram-290-passageiros-em-1988-13337669#ixzz38P1kvyWQ
© 2014.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



calendário

Julho 2014

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Arquivos

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D