Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rockstar

por Checa, em 28.06.13

Parecido com o pai mas com o bom gosto da mãe: 

E já fez 1 ano!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um em um milhão

por titi, em 28.06.13

O Vasco faz parte da nossa familia, com fralda ou sem fralda vai para a praia com muito gosto.

(Resposta da directora do infantário do António ao mail em que lhe perguntava se o Vasco, apesar de ainda não ser lá estudante, podia fazer praia com os meninos da escola e explicava que ele só usa fralda para dormir mas ainda há muitos acidentes).

Digo-vos, amigos, um infantário como este, onde nos sentimos efectivamente parte de uma família, é um em um milhão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Férias da escola

por samicas, em 28.06.13

Finalizados os exames, FÉRIAS!!!

Nós continuamos a trabalhar mas eles começam as colónias de férias. E basta isso para tudo mudar cá em casa. Dormimos mais, não há TPC's, não há más caras, não há rotinas... Todos mais felizes e descontraídos...

Com dias grandes e calor, melhor ainda...

O cansaço das aulas é substituído por outro tipo de cansaço, mais feliz, físico... O mais pequeno está com um ar tão saudável! A mais velha, coitada ainda vai no primeiro dia!

Esta foi a primeira semana de colónia e muitas outras se seguirão.

Querem saber o que arranjei para este ano? Não é fácil, acreditem...

Pois vai ser assim: Junta de Freguesia de S. Martinho, Palmo de Terra (cavalos), CCD (do meu trabalho), escuteiros, bodyboard/surf.

Pelo meio uns dias com os avós e outros comigo...

No fim de tudo isto: as verdadeiras férias grandes!!! Todos juntos, numa grande aventura, mesmo antes do início das aulas...

Só faltam 2 meses!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda há heróis

por titi, em 27.06.13

As I walked out the door toward the gate that would lead to my freedom, I knew if I didn't leave my bitterness and hatred behind, I'd still be in prison.



A mim, pobre criatura com pensamentos assassinos quando um carro estaciona a impedir o meu de sair ou quando o cão da vizinha de baixo uiva sem cessar duarnte a noite, a história desta vida comove até às entranhas.

Incrivelmente, conheço outra pessoa em quem vejo os mesmos sinais de bondade, resiliência e, porque não dizê-lo, santidade. Um dia destes falo dele aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Exames de 6o ano

por samicas, em 27.06.13

Este ano tive exames cá em casa. A B. está no 6o ano... Matemática e Português...

E com esta novidade veio outra: as férias de exames! Três semanas (ou quase)!!!

Ora eles têm 11/12 anos.

O que pensará quem assim decidiu? Vou avançar várias hipóteses:

1. que ficariam em casa sozinhos a estudar todo o dia

2. que os pais tirariam férias para os ajudar a estudar

3. que os professores se iam oferecer para lhes dar aulas de apoio nas 3 semanas (no meu caso, houve 5 aulas, em 3 dias!)

4. que iriam na mesma para colónias de férias e estudariam à noite

5. que os pais teriam dinheiro para pagar 3 semanas de "centros de estudo"

6. que todos esses alunos têm avós com quem ficar e com quem estudar

 

Pois cá em casa não se aplicou nenhuma destas soluções.

Tive de me virar, como sempre. Como tenho um chefe muito compreensivo, pude levá-la comigo, para o trabalho. Lá eu estava por perto, não se distraía e podia orientá-la. Fazia uns belos intervalos e almoçava comigo. Correu bem. Mas quantos puderam fazer o mesmo?

Nesta idade bem que podiam fazer os exames na semana seguinte ao fim das aulas. Seria bem mais fácil para todos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia 27!!!!

por Teira, em 27.06.13

Bolas, bolas, bolas!!!!!!

E eu que ando mentalizada há semanas para o dia de hoje!!!

É que decidi que ia fazer greve. Ah, pois ía...

 

Mas ontem à noite fui surpreendida por um terrível "telefona"! De quem? Perguntam cês!

Da minha "conta bancária"!!!!!!!!

 

Foi uma bela de uma discussão!!!! Demorou horas, tirou-me o sono, a tranquilidade e deixou-me verdadeiramente irritada para os próximos tempos.

Não é que a "desgraçada" me convenceu que tinha de vir trabalhar!!!!

 

BOLAS!!! BOLAS!!!!

 

Não é justo.

 

Pronto desabafei...é que estou mesmo irritada.

:(

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não, não estamos xexés

por titi, em 27.06.13

Os posts agendados dão nisto.

 

(É que ontem deu-me a febre dos posts e, para dar vazão ao ímpeto sem sufocar o blog e sem esganar a paciência de quem aqui vier, agendei uma data deles).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cenas de um casamento

por Checa, em 27.06.13

No fim-de-semana que passou, eu e a Titi fomos a um casamento de uma quase-familiar.

Tendo em conta o recente interesse do Francisco em questões religiosas, fiz questão de o levar à igreja.

Portou-se lindamente, sossegado, atento mas sempre com o seu espírito crítico aguçado.

Depois dos meninos que levavam as alianças percorrerem, à frente da noiva, a igreja até ao altar, surge a pergunta #1: "Mãe, estes meninos também se vão casar?"

Já a meio da missa, pergunta #2: "Isto é tudo ouro? Dava para comprar uma Wii!!"

Apeteceu-me responder "Sim, dava para uma Wii e para matar a fome a muitas famílias das redondezas"

Parece que me tiraram as palavras da boca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Filhos fofos. E sobrinhos.

por titi, em 27.06.13

''Coitadinho, tão pequenino e já é vadio!''

(António, quando dentro do carro vimos um gatinho vadio a passar)

 

''Isto é tudo ouro? Se  calhar dava para comprar uma Wii!''

(Francisco, a olhar contemplativamente para a talha dourada da igreja em que estávamos a assistir a um casamento no sábado passado)

 

''Aqueles meninos também vão casar?''

(Francisco, na mesma ocasião, quando viu dois pequenitos engalanados a percorrer a nave da igreja com as alianças)

 

''Não gosto dessa cara!'' (Eu - qual cara?) ''A tua'' (pânico, desgosto) ''Parece de zangada.''

(Vasco, quando ... olhou para mim :-( ).

 

''Mãe, tenho palavras feias dentro da minha cabeça''

Eu - A sério, quais, podes dizer-me?

''Não, são muito feias''

Eu - A mim podes dizer sem problema.

''Put...''

Eu, falsa - Não faz mal se às vezes pensares, não se deve é dizer essa palavra alto porque é uma palavra desagradável.

''Mas o problema é que eu penso com nomes de pessoas!''

Eu, em pensamento - Olha, também eu!

Eu, alto - Não te preocupes, o importante é não dizeres isso às pessoas.

(António)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mesquinha, miudinha e pequenina

por titi, em 26.06.13

Acabei a manhã de hoje a sentir-me, não sei ... pequenina, miudinha, chaaaata. As razões:

1. A minha vizinha de baixo é uma jóia de pessoa. Tão boa, tão boa, tão boa que, quando lhe esmurrei o carro a estacionar o meu e lhe implorei repetidas vezes que me deixasse pagar o arranjo, me ignorou, disse que não liga nenhuma ao carro - desloca-se quase sempre de bicicleta, que inveja - e, se não me engano, nem mandou pintar os riscos. É tão boa, tão boa, tão boazinha que faz de tudo para evitar situações menos agradáveis e nunca, mas nunca resolve nada, pelo menos os assuntinhos desinteressantes mas essenciais ligados à gestão de um pequeno condomínio que têm que funcionar impecavelmente para se manter o bom ambiente. Dá-se o caso de, quando na noite de S. João regressámos da bela festa, termos dado com a escada do prédio toda cagada sem nenhuma possibilidade de os responsáveis serem outros que não ''a vizinha''. Depois de vários dias sem ela ou outro em seu nome ter tomado a iniciativa de pegar numa vassourinha e limpar a terra do chão, mandei-lhe uma SMS a pedir que por favor, resolvesse a situação. Resposta ''estou fora de Portugal há duas semanas, chego no domingo e resolvo. É o meu irmão que está lá em casa.'' Eu contra-ataco, em tom irritado, ''Esqueça, não dá para deixar esta porcaria até domingo, eu limpo, boas férias.'' Ela outra vez ''Estou fora de Portugal a trabalhar mas vou falar com o meu irmão''. Eu, para rematar ''OK, desculpe ter incomodado, um beijo.''

É que a minha encantadora vizinha é médica e - embora isso em nada mude a substância da coisa que é, se patinhas um lanço de escadas com terra é simpático varrer de seguida - imaginei-a a ler a minha SMS enquanto uma criança de um país pobre agonizava à espera que ela a pudesse atender e de repente senti-me, sei lá, mesquinha. Acabei como das outras vezes, a pedir desculpa pelo incómodo.*

* outras vezes = não poder colher ervas aromáticas do meu pátio porque os gatos dela mijam tudo, ter cuidado a entrar no pátio com os miúdos porque o cão dela espalha cagalhotos por todo o lado e ela não limpa, acordar vezes sem fim a meio da noite com os ganidos e pontapés que o cão - muito fofo, por sinal - dá na porta quando ela faz noite e o deixava sózinho em casa. Só que ela é tão boa pessoa, tão peace and love, tão zen que quando tento pedir-lhe que cumpra com aquilo que prometeu e implore ao cão que nos deixe dormir, acabo sempre a pedir desculpa pelo incómodo.

2. Sim, há mais: o estacionamento na nossa rua está a ficar uma selva e, quando cheguei ao carro, havia outro a impedir a saida. A impedir, mais ou menos, porque se eu não me importasse de subir um passeio, conseguia tirá-lo de lá. Mas eu, que subo aquele passeio vezes sem conta quando me convém, hoje, sei lá, não tive vontade. Talvez por me ter lembrado de que ontem o meu marido não conseguiu sair para levar o A. à escola por causa de outro carro que lá estava a impedir a passagem, que chamou a polícia mas ao fim de quarenta minutos de espera desistiu e levou o outro carro. Vai daí eu, antes de zarpar com o carro passeio acima e estrada afora, agarrei num papel e deixei no pára-brisas do infractor um bilhete inflamado que dizia mais ou menos ''se com a sua falta de civismo voltar a impedir a passagem do meu carro, não se espante com as consequências''. Acham que o dono/a terá ficado assustado?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5



calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30


Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Pesquisa

Pesquisar no Blog  

Who's among us?




Arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D